domingo, 11 de junho de 2017

Filosofia DIY - Do It Yourself ou faça você mesmo

Há algum tempo, escrevi sobre fazer as coisas durarem mais (aliás é uma das postagens mais populares do blog 👏👏👏). Esse é um bom ponto a ser considerado por nós, aportadores, afinal compraremos menos e teremos mais dinheiro pra chegarmos à nossa liberdade financeira (LF).

Tenho lido bastante esses dias, lembrado de alguns ensinamentos do Frugal Simples e absorvido bastante conteúdo do Mr. Money Mustache. Tenho visto que outro ponto importante nessa jornada para a LF é a implementação da filosofia DIY - Do It Yourself ou faça você mesmo.

Em que pese nossa herança nacional/cultural de senhorio, que implica na grande naturalidade em pagar todo mundo pra fazer tudo por você, devemos nos atentar para o fato de que isso consome muitos dos nossos recursos financeiros. Conheço pessoas que mesmo ganhando pouco por mês (R$ 1.500) pagam faxineira todas as semanas (R$ 400 a 500/Mês), ou por outros serviços que não são tão especializados que poderíamos nós mesmos fazer, desde que com um mínimo de dedicação e boa vontade.

Na internet podemos encontrar infindáveis tutoriais, com o passo a passo para as mais diversas finalidades. Neste ponto, alguns de vocês podem estar pensando: "mas FPI, vou fazer, vai ficar ruim vou gastar muito tempo. Não vale a pena!". Bem, deixe de mimimi, arregace as mangas e vá ao trabalho. Quanto mais você fizer, melhor ficará. Além disso, você deixará de ficar horas e mais horas passeando nas redes sociais inutilmente! - De nada!
#Nota: lembre-se de emprenhar seu tempo em coisas úteis e necessárias. Só porque é legal fazer você mesmo, não adianta gastar uma fábula de dinheiro em ferramentas e materiais para construir coisas das quais você não precisa. Cuidado!

Para trocar a resistência do chuveiro da sua casa, você gasta uns 15 a 20 minutos na primeira vez que for fazer o trabalho (aprenda aqui), depois, em coisa de 10 minutos o trabalho estará feito. Se você chamar alguém pra fazer isso, você pagará pelo menos R$ 50,00!

Seria bom se você usasse menos o seu carro para trabalhar e passasse a utilizar mais a bicicleta. Você teria melhoras na sua saúde, no seu condicionamento físico, promoveria melhoras para o planeta e, claro, conseguiria melhoras pro seu bolso também. Mas já pensou como seria bom se você mesmo pudesse fazer parte da manutenção da sua bicicleta? Pois bem, em cerca de 6 minutos você pode aprender a regular os freios da magrela! Já se vão mais alguns reais para o seu bolso!

Que tal se você decorasse a sua casa com alguns móveis feitos com palites? Já pensou nessa ideia? Pois é, você pode ter um ótimo sofá de pallets, pode fazer sua estante de pallets e caixa de madeiras, aliás, da pra fazer muita coisa com tais materiais. Já ví também belas camas, painel pra TV, barzinho e muito mais...
#Dica: pesquise no google, youtube, facebook e, claro, no Pinterest, muita gente ignora esta ótima ferramenta!

Os mais geeks podem buscar construir seus objetos em modelagem 3D e alugar um impressora pra fazê-los, ou quem sabe ter a sua própria impressora 3D e transformar-lá numa fonte de renda (vendendo objetos personalizados, locando ou mesmo construindo peças 3D que não se acham facilmente no mercado).

Fazer você mesmo traz uma sensação incrível. Você se sente muito bem ao terminar de fazer algo, você economiza dinheiro e melhora suas habilidades manuais, sem contar que é uma incrível distração e pode até mesmo virar uma fonte de renda!

14 comentários:

  1. 1 - Olhe no youtube como trocar o filtro de ar do motor e/ou de ar condicionado do seu carro.
    2 - Veja na nota fiscal da sua última revisão na css (se foi o caso) o valor da mão de obra para tal serviço.
    3 - Arrependa-se.

    Não satisfeito?
    1 - Veja o preço do filtro na nota fiscal
    2 - Veja o preço do filtro em uma loja independente de auto peças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Anon. Podemos economizar muito dinheiro em várias coisas simples!
      Abc

      Excluir
  2. Buenas, FPI! Eu gosto do DIY para desestressar. Hoje mesmo pintei duas portas da minha casa e preparei o teto de um dos banheiros para a pintura - só não pintei pois não tinha a tinta correta, mas já está tudo preparado. Amanhã compro a tinta e, à noite, pinto.

    Quanto às ferramentas, normalmente elas se pagam em duas ou três vezes que usá-las. Bom, eu sou colecionador de ferramentas, então sou um pouco suspeito em falar.

    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe essa história de ferramentas é complicado.
      Também tenho várias aqui, pois quando mais jovem as pedia de presente a familiares mais próximos. E todos se empolgavam com um jovem de 14 a 16 que pedia ferramentas de presente...kkkk

      Bem, com pinturas não mexo, pois tenho problemas respiratórios. Quem sabe no futuro, tratando, possa mexer com isso....

      Excluir
  3. Bom post FPI,
    Geralmente eu faço tudo. Algumas pessoas do meu trabalho me perguntam se eu pago diarista eu falo que não e eles ficam abismados. Tem gente que me chamam de pão-duro.

    Porque pagar se você pode fazer.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que paga pr algumas coisas só pra dizer que paga.
      Tem pessoas que falam de boca cheia que tem empregada ou que gastaram X com isso ou aquilo, pura vaidade e uma dose de preguiça.

      Excluir
    2. As vezes pagar diarista pode ser uma opção válida. Isso depende do equilíbrio de suas contas e de suas outras tarefas/responsabilidades.
      Mas, via de regra, é algo dispensável, ao menos todas as semanas. Poderia deixar 1 vez ao mês, ou a cada 45/60 dias, para algumas tarefas mais pesadas ou que você não esteja conseguindo executar corretamente.

      Sem dúvidas tem gente que que paga por esses serviços apenas por status. Sempre repito que quando tiver bastante $$ quero ter faxineira, mas não empregada... As pessoas me olham como estranho

      Excluir
  4. Olá, FPI!

    Eu adoro DIY apesar de ter duas mãos esquerdas. Coisas que envolvem eletricidade, objetos muito cortantes e fogo eu fico fora porque não quero matar ninguém, mas no mais eu tento me virar.
    Coisas que já fiz esse ano:
    Capa do meu Kindle feita de um livro antigo
    Tela antimosquito pra janela do meu quarto
    Consertos na geladeira: borracha do freezer descolando (inalei cola de sapateiro durante o processo e fiquei meio grogue, mas deu super certo) e uma peça do freezer que fazia um barulho desgraçado. Mexi e parou o barulho.
    Coisas de beleza como fazer unhas, depilar e pintar e escovar cabelo eu faço sozinha também. Gasto só com o que se eu fizesse sozinha daria merda (químicas) ou para situações extremamente especiais.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jacque, depois me diga mais sobre fazer a capa do Kindle. Comprei um recentemente, e ainda não sei se compro uma capa ou faço uma....

      Você já economizou uns belos trocados com essas coisas ai, com certeza. E o bom é que a prática do DIY faz você querer fazer cada vez mais coisas.
      E com o salão de beleza, já deve ter economizado uma boa grana hein!
      Sucesso!

      Abc

      Excluir
    2. Olá!

      Post onde mostro a capa: http://menosemaisblog.blogspot.com.br/2017/03/diy-2-capa-kindle.html

      Um abraço!

      Excluir
  5. Ótimo pensamento.
    Também sou adepto dessa ideia de fazer você mesmo.
    Estudei mecânica e um pouco de elétrica, então dá pra desenrolar bem algumas coisas. Também fiz faculdade de informática.. então deu bronca no PC eu arrumo, o que conseguir claro rsrs
    Faxineira é luxo. Se somar tudo que você gasta num ano, absurdo.

    Lavar o carro no lava jato, só uma vez ou outra pra aspirar nos lugares mais difíceis. Lavagem básica dá pra fazer em 1 horinha em casa mesmo.
    E assim vamos indo em busca da independência financeira.

    FPI, dá uma passadinha lá no meu blog, tô começando uma nova proposta e vc bem legal.

    http://diariodefinancasonline.blogspot.com.br

    Obrigado e forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Investidor,
      Dei uma passada lá no blog ;)
      Seus conhecimentos são muito válidos e úteis, estou certo disso.

      Quanto a lavar o carro, sou suspeito, faço isso entre 2 e 4 vezes ao ano, kkkkkk

      Abc

      Excluir
  6. ´Parabéns pelo post...um ótimo puxão de orelha para várias pessoas ...Já economizamos muito planejando e organizando, e tendo essa concepção em que se for possível "Faça você mesmo"...mudamos em novembro do ano passado, e a casa de aluguel era bem grande, e pintamos ela inteira, e inclusive compramos tinta para piso ao invés de grafite para o quintal, para não incomodar os vizinhos, e até mesmo para não nos intoxicar no momento que estávamos aplicando, e com isso conseguimos economizar muito em material e mão-de-obra. Também planejamos a construção da casa de maneira a não termos dificuldades na limpeza,e até mesmo na compra dos móveis para facilitar na limpeza. Até mesmo na compra de roupas pensamos muito em algumas que podemos reutilizar fazendo reformas, e aquelas que compramos sem necessidade doar para aqueles que precisam, mas sempre sem esbanjar ... Por causa dessa organização muitos chamam a gente de "pão-duro", mas não vejo dessa maneira, pois graças a Deus não temos dividas, e somente gastos do mês ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino que a economia de vocês foi mesmo imensa. Cobra-se uma fortuna por esses trabalhos.
      Essa questão da limpeza penso muito também... E sou tratado como alienígena quando falo que não quero uma casa muito grande pq dá trabalho d+ pra limpar. Quero uma casa menor, com um bom quintal...
      Nada de pão-duro, na verdade as pessoas que não entendem nada sobre aposentadoria antecipada ou liberdade financeira.

      Abc

      Excluir