quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Economize com a conta corrente, cartão de crédito, TV a cabo, Internet, Telefone, Celular e até com a Corretora!

Quem observou com alguma atenção meus posts anteriores percebeu minha indignação em pagar as taxas para manutenção de conta e do cartão de crédito.
Pois bem, tomei atitudes para deixar de pagá-las!

CONTA CORRENTE

Tinha conta no Banco do Brasil, agência estilo. A tarifa bancária gira em torno de R$ 58,50/mês. Um verdadeiro absurdo. Ocorre que eu não pagava nenhuma tarifa.
Há dois meses começaram a me cobrar a bendita tarifa, mas reduzida em 50%, ou seja, R$ 28,50.
Além disso, quiseram cobrar também anuidade nos cartões de crédito (ourocard Platinum), o que ultrapassa os R$ 350,00; acrescente-se o seguro dos cartões (são 3), são mais R$ 108,00/ano.
Vejam, parece pouco, mas temos R$ 28,50 x 12 meses = R$ 342,00/ano.




Somadas as duas tarifas, são R$ 800,00/ano, o que me permite um aporte a mais por ano, ou uma pequena viagem, ou comprar livros, ou abastecer o veículo por 3 meses, ou, ou, ou.... vejam, é muito dinheiro em troca de nada.


Quem tiver interesse, busque por esse pacote. Lembre-se que na agência tentarão dificultar sua migração, mas vale o esforço.

Já que pouco utilizo a agência e os serviços bancários, mudei para uma agência de varejo e, depois de efetuada a transferência, alterei minha conta para o pacote conta eletrônica. Nela tenho tarifa R$ 0,00, com saques ilimitados nos caixas do Banco do Brasil, TED, DOC e serviços via internet ilimitados, sendo todos os demais serviços cobrados.
Veja, quase não utilizo cheques, então não me incomoda pagar as folhas que uso, já que são menos de 5 por ano. Também não visito a agência para nada. Então foi uma ótima escolha.
Esse pacote também não me "beneficia" com nenhum cartão de crédito, que uso bastante.

Com o dólar no patamar atual, com os aumentos dos pontos necessários para resgatar passagens, conjugados com minha intenção de diminuir os gastos não foi muito difícil decidir cancelar os cartões de crédito do banco (o que farei essa semana) e passar a utilizar cartões de crédito de outras instituições.

CARTÕES DE CRÉDITO

Conforme já falei, utilizo bastante cartão de crédito, com o único objetivo de juntar mais pontos e poder viajar.
Bom, já tinha convite da nubank (que é uma empresa que oferece cartões de crédito realmente sem tarifas) e acabei por efetuar o cadastro do meu roxinho.
Poucos dias depois recebi um cartão em casa, ativei-o e já o utilizo. Meu limite é na casa dos R$ 4 mil.
É um cartão Mastercard Gold, com todos os benefícios que esse tipo de cartão oferece, sem, contudo, contemplar um programa de pontos.

Com o cartão nubank você controla tudo online, por meio do app.

Tendo em vista que as vezes compro algumas coisas a mais no cartão e que gosto de ter sempre 2 (as vezes algum da problema, não aceita aquela bandeira, etc), troquei o cartão internacional da Porto Seguro pelo platinum da mesma empresa.
Ele me oferece todos os benefícios do cartão platinum do BB, e mais o desconto no seguro (5% na Porto Seguro).

Escolha aquele que atende as suas necessidades. Acho que o "gold" não traz benefícios em relação ao "Internacional".


Vamos colocar o valor hipotético do seguro em 5% do valor do carro, seriam R$ 2.500,00 de seguro.
Com 5% de desconto, o valor cai pra R$ 2.375,00. São mais R$ 125,00 no meu bolso.
A pontuação é a mesma (1,3 ponto por dólar, ou seu equivalente em reais), que pode ser usada tanto para transferir para programas conhecidos, quanto para abater no preço do seguro.

Quanto a anuidade do cartão, ela é necessariamente fracionada nos 12 meses do ano, sendo que abaixo de R$ 2.500,00 de gasto no mês, você paga a fração completa da anuidade; entre R$ 2.500,00 e R$ 4.000,00, terá 50% de desconto naquele mês; e acima de R$ 4.000,00 não será cobrado o 1/12 da anuidade aquele mês.
Ainda acho um valor alto, mas no primeiro ano, a anuidade é grátis.
Além disso, já falei aqui, uso cartão de crédito para tudo (mas sempre pago a fatura total!!!!)

Um pequeno ajuste nos hábitos de quem faz as compras, come fora, utiliza táxi/uber ou abastece o carro, já permitirá que você tenha o cartão com alguma vantegem (ou pegue um de outra linha, mais simples, que você consiga isenção).

Dessa forma, durante um ano, não preciso me preocupar com o valor dos gastos. Aliás, minha preocupação será em diminuí-lo.

TV A CABO, INTERNET, TELEFONE E CELULAR

Não faço questão de TV a cabo, apesar de assistir um pouco. Vivi mais de um ano sem ter sinal de TV no quarto (usava a TV apenas para assistir filmes e jogar) e não tive qualquer problema com isso, mas não moro sozinho. Então temos TV a cabo e acabei colocando um ponto no meu quarto.
Temos um pacote bem simples, o segundo disponível (o "primeiro" são apenas os canais abertos), o que supre o interesse dos demais moradores.

Vejo que hoje é desnecessário telefone residencial, principalmente porque a minha família mais próxima possui linhas de telefonia móvel da mesma operadora, o que reduz muito os custos. Mas como essa decisão não é minha, o telefone foi mantido, mas quando renegociei meu pacote, migrei para o pacote mais barato de telefone, e tem servido perfeitamente bem. Quando utilizado além, paga-se por isso, mas como não é recorrente, vale a pena... Melhor que pagar para não usar.

Internet de casa, já tinha uma velocidade boa 10 Mbps, que me atendia bem o suficiente (depois de adequar os equipamentos de rede), mas como contratei um novo pacote, com tudo junto, recebi o dobro de internet. Como não havia mais um pacote de 10, migrei para o de 15 Mbps, mas recebo o dobro da velocidade. Não é necessário. Então testem suas demandas reais antes de sair contratando um pacote mais veloz.

Quanto ao celular, bem, esse é de uso exclusivo meu e está de acordo com minha demanda anterior.
Eu usava um pacote com 4Gb e 400 minutos para outras operadoras.
Como comprei junto com o combo, contratei um pacote com 200 minutos + 2 GB e recebo o dobro disso. Como fechei na black friday, ganhei + 18GB de internet por mês (sim, você leu certo.). E sim, com tanta internet móvel, não é necessário internet em casa, mas esta promoção em breve expirará.
Atualmente o pacote está superdimensionado.

Como foi contratado um grande pacote, pago uma multa caso rescinda o contrato, diminuindo meu pacote. Vou esperar até mais próximo do final do ano e vou pegar um pacote bem menor, especialmente em minutos. Pretendo diminuir a conta do celular em 35 a 50%. Queria pensar naqueles pacote controle. Estou avaliando ainda, quem sabe não supre minha demanda. Seria ótimo!

Mas nessa brincadeira, do final do ano pra cá, eu passei a economizar R$ 35,00/mês com o celular (ou R$ 420,00/ano).

Notem, os valores vão ficando interessantes.
Até agora são aproximadamente R$ 1.345,00/ano a mais no meu bolso.

*OBS: não assino Netflix, mas tenho uma conta num pacote de uma pessoa querida. Então o utilizo. Prefiro ele à TV comum.

CORRETORAS

Bem, a escolha de corretoras envolvem vários fatores. Aqui, vou me limitar a questão financeira. Havendo necessidade/interesse, no futuro posso escrever sobre os meus critérios para escolher corretora.

Bem, como vocês perceberam, opto por serviços online sempre que possível. E isso também foi levado em consideração na escolha da corretora.

A que utilizo para operar FII cobra apenas taxa de custódia de R$10/mês.
A que utilizo para operar RF (CDB e TD) não cobra taxas. Sei que isso deve mudar nos próximos anos, mas por hora não pago nada.

Vi algumas corretoras que cobram cerca de R$10,00/ordem.
Considerando 2 compras mês na média + taxa de custódia de R$ 15,00/mês, teria um gasto de R$39,00/mês (média) ou R$ 468,00/ano para operar FII.
Considerando uma taxa de custódia do TD de 0,1%/ano * R$35.000,00 em TD, seriam R$ 35,00/ano de custódia. E a mesma taxa em RF, que, após minhas realocações somam aproximadamente R$ 155.000,00, deveria somar mais uma taxa de R$155,00/ano pela custódia dos CDB/LCI/etc...
Eu gasto R$ 120,00/ano com FII e nada com renda fixa.
Ou seja, seriam R$ 468,00 para RV e R$ 180,00 para RF, o que daria R$ 648,00 por ano!
Eu economizo aproximadamente R$ 448,00/ano.

Pelas demandas que eu tenho atualmente, vale a pena.

No final das contas, são R$ 1.793,00 de economia por ano.



Veja, é um valor absurdo! Com isso, consigo um "13º aporte", ou muitas outras coisas, como falei anteriormente para vocês!

Espero que o artigo tenha sido útil!

6 comentários:

  1. Belo post FPI, também sou adepto da conta corrente digital, eu utilizo a do bradesco, chega de tantas tarifas! As vezes fico indignado com alguns amigos, que insistem em pagar tarifa para agradar o gerente do banco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!
      As vezes é apenas para manter o "status". Fica bonito "puxar" um cartão de conta Estilo, Prime, Personalittè, essas coisas...
      Em verdade, bonito mesmo é ter dinheiro na conta...hehehe

      Excluir
  2. Vc é funcionário público e recebe pelo BB, certo? Não tem problema ser conta digital? Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim e não. heheh
      Sou funcionário público e recebo pelo BB.
      Não tenho qualquer problema com a conta digital, isso fica "transparente" para quem deposita. É identificada como conta corrente comum.

      Excluir
  3. Belo Post!
    São dicas como essa que precisam ser mais difundidas!!

    Abraços!

    ResponderExcluir