segunda-feira, 30 de abril de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Abril de 2018: R$ 330.686,74 ou + R$ 2.147,76 5 (+ 0,65%)

Fala Galera!

O mês de abril foi igualmente puxado. Eita tempo que não para!

A rentabilidade mensal foi bem parca, míseros: +0,25%. Igualmente foi o aumento patrimonial, de apenas +0,65%, ou +R$ 2.147,76.

poupança rendeu +0,37%, o Tesouro Direto rendeu -0,89%, a renda fixa (CDB e LCI) rendeu +0,89%, os FII renderam -0,39%, as ações renderam +0,35%, o colchão de segurança rendeu apenas +0,43% e, por fim, a previdência privada rendeu +0,35%.



sexta-feira, 6 de abril de 2018

[AJUDA] Possível compra de imóvel!

Galera, desculpe ainda não ter respondido aos comentários, mas ainda está bastante corrido no trabalho e vida pessoal. Como sabem, não gosto de deixar serviço acumular, tampouco atrasar. Quem precisa do serviço público, merece tê-lo com qualidade.

Bom, vamos ao que interessa: preciso da ajuda de vocês.

Eis que ando bastante tranquilo com meu patrimônio, mas sem comprar minha casa, principalmente pelo foco em prestar concurso, o que pode me fazer mudar de Cidade e Estado. Contudo, hoje vi um negócio que me pareceu bastante interessante: um apartamento de 70m², um pouco antigo, com 2 quartos, varanda bem pequena (de apartamento antigo =/) com 1 vaga na garagem, em um condomínio que tem apenas salão de festa e uma quadra simples (porém o valor do condomínio gira em torno de R$ 700), em ótima localização, que os apartamentos daquele condomínio valem uns R$ 330k em média (pesquisado hoje), mas este está sendo vendido por R$ 250k (dono com a "corda no pescoço").
Claro que preciso ver as condições do imóvel em si, mas já conheço o condomínio e conheço bem a localização. Seria ótima pra mim.

Pois o negócio está me atentando, senhoras e senhores.
Porém, consigo rapidamente para dar entrada no apartamento algo como 50k. Precisaria financiar os outros 200k.
Fiquei abismado. A Caixa só me permite financiar 50% do valor, e a taxa efetiva do financiamento fica em 11,5 - 12% a.a., em 360 meses. No BB, fica um pouco mais barato, por volta de 11% aa e poderia financiar os 200k.

Pela tabela PRICE, seriam prestações de aproximadamente R$ 1.770/mês, o que se traduz num custo final de aproximadamente R$ 637.200,00, caso levasse o financiamento até o final. Claro que buscaria amortizar o máximo possível, assim que vencessem meus CDB e TD, amortizando o valor.

O valor médio de aluguel de apartamento neste mesmo condomínio é de R$ 1.800/mês, fora o valor do condomínio (pesquisado hoje).

PEQUENA ATUALIZAÇÃO: em razão dos meus investimentos em renda fixa (CDB e LCI), eu conseguiria antecipar 12k em 2019, 53k em 2020 e 45k em 2021, totalizando uma amortização de R$ 110000 nos 3 anos seguintes (a partir de 2019), o que me deixaria com um saldo devedor de "apenas" R$ 90k. O porém desta estratégia é que eu passaria a ficar com quase nada em renda fixa para alguma emergência.

Vi também consórcio no valor de R$ 240k. Este as parcelas girariam em torno do mesmo valor, mas seriam 171 (sim, quase metade). É certo que ninguém garante que com X valor você consegue a carta de crédito, mas falei com a gerente do banco pra ela ver se tem um grupo mais antigo em andamento, cujas médias de valores contemplados girem em torno de R$ 50k, pois as chances de contemplação são maiores.

Mas e ai senhoras e senhores, qual a opinião de vocês sobre o tema?