quinta-feira, 29 de março de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Março de 2018: R$ 328.538,98 ou + R$ 5.089,65 (+ 1,57%)

Fala Galera!
2018 segue muito corrido =/ Em breve contarei um pouquinho dela pra vocês! Ainda devo pra vocês a resposta sobre o desafio da viagem. Desculpem, mas pensa num mês que foi corrido!

A rentabilidade deste mês novamente foi mais baixa que no mês anterior, mas ainda considero bastante razoável: +0,9%. Já o patrimônio aumentou em +1,57%, ou +R$ 5.089,65.

A poupança rendeu +0,47%, o Tesouro Direto rendeu -0,69%, a renda fixa (CDB e LCI) rendeu +0,8%, os FII renderam +2,65%, as ações renderam +0,76%, o colchão de segurança rendeu apenas +0,63% (mudou a faixa de IR, de 20% para 17,5%) e, por fim, a previdência privada rendeu +0,84%.

sexta-feira, 16 de março de 2018

IRPF 2018: não caia na malha fina por causa destes 5 detalhes

Fala galera, tudo certo?

Mês de março, aquela correria para preencher a declaração do Imposto de Renda - Ano Calendário 2017, conferir os "extratos", "resumes", "controles" e afins que são disponibilizados para facilitar nossas vidas nesta árdua tarefa.

Tanto o blog do Além da Poupança quanto o site do Uó/Abacus Liquid trouxeram várias dicas importantes. Mas ainda assim, por mim passaram algumas coisas (pode ser que não tenha captado na escrita ou nas imagens que eles muito bem apresentaram).

Pois bem, eis que este jovem que vos escreve quase cometeu burradas erros, justamente em razão do "resumo" disponibilizado pela corretora. Como tenho o péssimo, chato e maçante salutar hábito de preencher os dados e, depois de alguns dias, conferí-los, acho que consegui evitar problemas. Vejamos.

segunda-feira, 5 de março de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Fevereiro de 2018: R$ 323.449,33 ou + R$ 19.420,38 (+ 6,39%)

Fala Galera!
2018 segue muito bem, pós viagem :D Em breve contarei um pouquinho dela pra vocês! E vamos ver se o desafio foi ou não cumprido.

A rentabilidade deste mês não foi tão alta como no mês passado, mas ainda foi excelente: +2,97%, ou seja, foi excepcional. Já o patrimônio aumentou em +6,39%, ou +R$ 19.420,38.

A poupança rendeu +0,44%, o Tesouro Direto rendeu +0,26%, a renda fixa (CDB e LCI) rendeu +0,89%, os FII renderam +2,78%, as ações renderam +1,17%, o colchão de segurança rendeu apenas +0,40% e, por fim, a previdência privada rendeu +0,21%.

Já aportei quase 50% do valor do ano passado. Os juros ainda estão com um enorme impacto na variação patrimonial.