Atualização Patrimonial - Março, Abril e Maio - 2020

Pessoal, sinceramente já não sei mais o que fazer com o blogger.

Não consigo comentar em absolutamente nenhum blog dos amigos. Isso é bastante frustrante para ser sincero. Ainda que eu esteja com pouco tempo para ler, sempre visito os colegas, mas nunca consigo deixar uma mensagem.

Há algum tempo tive um problema parecido e depois sumiu do nada. Agora novamente, mesmo logado simplesmente não consigo deixar comentários nos blogs.

Também por isso tenho espaçado mais minhas atualizações, mas enfim, vamos lá:


Março foi um péssimo mês: ví meu capital recuando R$ 76,7K! Foi assustador, sinceramente!
Abril a coisa melhorou um pouquinho, e recuperei R$ 24K e agora em maio mais R$ 10,5K.

No ano acumulo uma perda de cerca de R$ 48,8K, o que é uma sensação bastante ruim.

A rentabilidade da carteira, que em DEZ/19 havia chegado em 94%, chegou a cair para 55%. Atualmente está em 64%.

Pelo lado bom, os aportes do ano já somam R$ 16,5K e é nessa métrica que tenho focado, pois é a que mais está ao meu alcance de controlar. Se der tudo certo, terei uma despesa de uns 16 a 20K este ano, mas é coisa boa, então tenho que focar no aporte anual. Em suma, não posso me descuidar, pois nesta época de pandemia, é muito fácil descontar qualquer coisa em compras.

 Como sempre, um dos meus principais incômodos é a alocação de capital. Agora acho que está entrando em algo que tem me deixado mais confortável, embora triste de ainda não ter começado a investir no exterior, mas retomo o assunto mais a frete.
Por agora, uma maior alocação em ações tem me deixado um pouco mais confortável. Acredito (e posso estar bastante equivocado) que elas possuam um potencial de retorno maior que os FII. Me expondo mais ao risco das empresas, que tendem a performar mais que os ativos imobiliários, num horizonte de 15 ou 20 anos, talvez consiga alguma coisinha a mais de patrimônio e volte a aumentar o percentual em FII, focando em renda.

Os rendimentos dos FII pré-COVID estavam consolidados em mais de R$ 500/mês, o que me ajuda a sempre fazer a carteira crescer e as ações estavam entregando perto de uns R$ 400/mês na média.

Apesar de tudo, até o momento, os proventos tiveram um aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano passado (jan-mai).

Considerando a média mensal até agora (R$ 1.039) para os próximos 7 meses, teria um aumento de proventos de quase 15%, o que me permitiria dobrar os rendimentos a cada 6 anos, aproximadamente.

O desejo é conseguir aumentar 20% a.a. os proventos recebidos, mas sinceramente isso não está diretamente sobre meu controle. Então vou focar em seguir o plano dos aportes consistentes.

Bom, vou aproveitar e atualizar a página da CARTEIRA e também dos DIVIDENDOS.

É isso ai pessoal,
abc e sucesso a tês

Comentários

  1. Também sou funça, mas não ganho tanto kkkkkkkkk, o importante é ter estabilidade.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Eu já passei por isso quando mantia o primeiro blog (eu reiniciei o meu). Eu sempre lia, comentava, interagia, mas chegou um momento que eu não estava mais com saco, não consiga postar, nem ler e muito menos comentar. Acho que a resposta pra isso foi uma "ressaca blogal", eu ficava muito tempo nos blogs e isso meio que foi juntando e juntando e decidi parar. Passou 1 ou 2 meses e eu perdi essa ressaca e quis voltar e voltei a ler, comentar e interagir. Então, FPI, acho que talvez você esteja passando pelo menos e talvez a resposta seja apenas dar um tempo, uma distanciada ou respirada. Lembro que quando fiz isso só fiquei acompanhando o blog do IF360 mas depois quis voltar a acompanhar todos.

    Abc

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Evolução Patrimonial